Descobrindo o Mercado Temporário do Bolhão no Porto

Em toda cidade grande, sempre se ouve de quem está lá: “conheçam nosso mercado central” (os mercados públicos). No Porto é o Bolhão. No entanto, ele está em reforma e só deve abrir em 2020. Enquanto isso, o Mercado Temporário do Bolhão abre suas portas provisoriamente. Ele está a funcionar com todos os mimos e pompas no subsolo do Via Catarina Shopping. Um muito bem apresentável para o que estamos acostumados como “Mercado Público”, muito limpo e agradável de se comprar todos os dias, ou mesmo almoçar. Eu fiz os dois.

O Mercado oferece de tudo. Carnes, peixes frescos, frangos em pedaços ou inteiros. Há também a parte de hortifruti, flores, compotas, castanhas e azeitonas à granel. Uma seção inteira dedicadas às sardinhas em latas, muito consumidas aqui. Cafés, estandes de vinhos portugueses, padarias e os restaurantes.

Depois de andar calmamente e tirar muitas fotos, decidi provar o Leitão à Bairrada. Prato típico da região central de Portugal. O Bolhão tem 4 pequenos restaurantes que servem pratos típicos e muito bem servidos por preços bem justos. Escolhi o Nelson dos Leitões.

Como é o único prato que servem no local, não demorou nada a vir, pois o leitão à Bairrada já estava estalando e pronto à servir. Veio em pedaços ao prato com laranjas, azeitonas, e picles. As guarnições, batata chips e um pãozinho tipo broa. Perguntei qual bebida acompanhava melhor o prato e o dono do restaurante me sugeriu o espumante. Foi meia garrafa de um espumante bem honesto. O gás da bebida ajuda a limpar o paladar entre uma garfada e outra. Estava muito bom e bem servido.

Durante o almoço, à mesa ao lado, um casal de aposentados paulista me pediam dicas do que beber. Conversamos bastante e eles me contaram das aventuras em terras portuguesas. Já percorreram todo o país, de cima a baixo. Inclusive as ilhas da Madeira e Açores. Incríveis as histórias. Ela dirige e ele fica de copiloto. Estão tentados em ficar em Portugal. Por que será? heheheheheheh

Finalizado o almoço, segui em direção às comprinhas do dia. Peguei algumas cerejas de dois tipos para experimentas, já que no Brasil não temos esta fruta. Ou pelo menos não é comum. Uma pêra e um pêssego indicados pela vendedora, que, ao mesmo tempo em que me atendia, contava um pouco sobre a história do Bolhão.

Como não poderiam faltar os doces, fui até um dos sítios de padaria. Ainda bem que resisti aos pães. Mas aos doces, não consigo. Peguei uma mini torta de côco, um pastel de nata e uma queijadinha de laranja. XXXXXXXxxxxxx

A conta do almoço:

  • Leitão à Bairrada 11€
  • Espumante 3,5€

A feira

  • 8 Cerejas grandes 0,9€
  • 1 pêra 0,4€
  • 1 pêssego 0,5€

Total = 16,3€

Mercado Temporário do Bolhão
Rua de Fernandes Tomás 524, 4000-222 Porto
Subsolo do ViaCatarina Shopping

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × cinco =